All for Joomla All for Webmasters
bruno-e-marrone-critica

Avalanche de sucessos marca show da dupla no Villa Country                                                 .

São Paulo, Sexta-Feira à noite, chuva intensa, trânsito caótico e estacionamentos cobrando preços abusivos que variavam dependendo do horário. No começo da noite a permanência dos carros custava R$30,00 chegando aos R$70,00 por volta das 2 da manhã. Cambistas também não faltavam no entorno do local e pra ajudar, a banda O Rappa tocava no Espaço das Américas. Resumindo, uma noite perfeita para testar a paciência de qualquer pessoa.

Mesmo com todos os problemas, o Villa Country fervia com lotação máxima para ver a dupla Bruno e Marrone. Na abertura da noite, a dupla George Henrique e Rodrigo animou o público com um show ímpar. Por volta das 2 horas da manhã o show começa com uma avalanche de sucessos e muito romantismo no ar.

O público era dividido, mais a frente do palco, fãs da banda cantava todos os sucessos da dupla. Mais ao fundo, pessoas que mal conheciam as canções, mas estavam lá para curtir a noite. E no camarote muita gente se deliciava com músicas que são atemporal, digno de reconhecimento de poucas duplas.

“Te Amar Foi Ilusão”, “Inevitável”, “Deixa”, “Passou da Conta” da dupla Zezé Di Camargo e Luciano e “Agarrada em Mim” abriram o show. Interessante como a dupla monta seu set list, organizando por estilo cada parte do show e misturar o samba com o sertanejo é algo que funciona, e muito bem. Na sequência do show, a dupla emendou “Machuca Demais” do grupo Só Pra Contrariar, seguindo com “Vai Dar Namoro” e “Quer Casar Comigo”.

“Beijo de Varanda” faz parte do novo DVD da dupla e foi muito bem recebida pelo público que também dançou ao som de “Duas Vezes Você” e “Amor Não Vai Faltar”. A dupla relembrou antigos sucessos como “Primavera”, “24 Horas de Amor” e “Seu Amor Ainda é Tudo”. Outra do repertório do novo DVD foi “Andar Solidão”, seguido por “Vida Vazia” e “Choram as Rosas”.

A dupla é uma máquina de hits, “Enquanto Eu Brindo Cê Chora” já é sucesso e pra aproveitar a deixa, Bruno e Marrone aproveitou e apresentou mais uma nova, “Trégua”. O show já se encaminhava para o final, mas claro que não podia faltar alguns clássicos como “A Dama de Vermelho”, “Tenho Ciúme de Tudo”, “Fruto Especial”, “Boate Azul”, “Telefone Mudo” e “Ainda Ontem Chorei de Saudade”. Pra finalizar o show, Bruno e Marrone cantaram “Agora”, “Por Um Minuto”, “Isso Cê Não Conta”, finalizando com “Na Conta da Loucura”.

A noite tinha tudo para ser estressante, afinal, São Paulo tem destas coisas, ainda mais em uma chuvosa Sexta-Feira. Mas como não reverenciar uma dupla tão consolidada como Bruno e Marrone, que mesmo com tantos anos de carreira, emplacam sucessos atrás de sucessos e não oscilam. As novas canções trazem frescor ao sertanejo, a dupla se atualiza mas não perde suas raízes. O repertório passeia pelas vertentes sertanejas, o romantismo das letras ainda comove os fãs e é um ponto forte da dupla. Mas ontem no Villa Country a ordem da noite era colocar tudo na conta da loucura, seja ela qual for.

Por Rogério Avelino

Fotos: Caue (Villa Country) e Kaique Silva (Bruno e Marrone)

 

RELATED ARTICLES