All for Joomla All for Webmasters
leoni-e-leonardo-critica

Dupla do Pop Rock dos anos 80 relembram sucessos e novas canções

Quando se fala em hitmaker brasileiro sempre nos lembramos de Samuel Rosa, Nando Reis, Lulu Santos, entre outros. Mas para quem esteve no último dia 13 de Abril no Teatro Bradesco em São Paulo percebeu que o Brasil vai muito além dos artistas citados. Com um trocadilho bem sertanejo, Leoni e Leonardo (Léo Jaime) desfilaram sucessos dos anos 80 levando um público saudosista a loucura. A dupla transformou o Teatro Bradesco em uma grande danceteria.

O show começou com a nova “A Fórmula do Amor 2” e seguiu com “Rock Estrela” desaguando no hit “Lágrimas e Chuva”, com o baixo marcante do Ex Kid Abelha. Léo Jaime acompanhou o companheiro nos hits “Fixação”, “Nada Tanto Assim” e “Dublê de Corpo”. Conhecida na versão Paralamica, Léo cantou “Mensagem de Amor” e levou o público a cantar com aquela sofrencia “A Vida Não Presta”. E pra quem estava apaixonado, “Uniforme”, “Só Pro Meu Prazer” e “Os Outros” foi um prato cheio para lembrar de quem se ama.

Virou costume em todo show ter um momento acústico, e a dupla tocou canções esperadas pelo público. “Fotografia”, “Gatinha Manhosa” e “Garotos 2 – O Outro Lado”. Quem não conhece os versos:

“Então são mãos e braços, beijos e abraços. Pele, barriga e seus laços. São armadilhas, e eu não sei o que faço aqui de palhaço, seguindo seus passos. Garotos não resistem aos seus mistérios, Garotos nunca dizem não”.

Com a banda de volta ao palco, o tiro dado na Plateia com a sequência de hits faria qualquer Jojo Todynho ou qualquer outra hitmaker atual repensar sua vida artística. “Bambolê”, “Alice (Não Me Escreva Aquela Carta de Amor)”, “Sete Vampiras”, “Esse Outro Mundo” e “Nada Mudou”. Leoni resgatou “Educação Sentimental” na sua versão original dos primeiros discos do Kid Abelha. Léo relembrou “Solange” e juntos cantaram outro hit, “Pintura Intima”. Relembraram Cazuza e para quem não sabe, “Exagerado” é uma parceria do cantor com Leoni com o poeta carioca. No Bis a dupla cantou um dos maiores sucessos dos anos 80, “Como Eu Quero”. “Sonia” e “Por que não eu”, colocou um ponto final no espetáculo.

O sol que passou por esses dois amigos aqueceu muita gente naqueles anos 80. A fotografia de uma época vai muito além de uma simples lembrança, Leoni e Léo Jaime sabem e resgatam nesse show canções e hits que vão atravessar a história. Se eles ainda não encontraram a fórmula do amor nos anos 80, com certeza do sucesso eles já encontraram.

Nota do show: 10

Rogério Avelino

No Tags

RELATED ARTICLES